segunda-feira, 30 de abril de 2018

Vêm aí os Hereges!

Hereges! Foi esta a acusação que tantas vezes se apontou aos grandes protagonistas dos prodigiosos, e perigosos, inícios da filosofia e da ciência modernas. E nada melhor do que os diálogos de Steven Nadler e os desenhos de Ben Nadler, para nos fazerem viajar nesse universo de ideias surpreendentes, que continuam a dar que pensar. Os protagonistas principais são Giordano Bruno, Copérnico, Francis Bacon, Galileu, Descartes, Arnauld, Boyle, Hobbes, Espinosa, Leibniz, Locke, Malebranche, Newton, Pascal e Voltaire, entre outros vultos que marcaram o pensamento europeu nos séculos XVII e XVIII.

Os hereges vão mesmo falar português, e é para breve. Veja-se, para abrir o apetite, como os Nadler conseguem exprimir tanto, de forma simples e em tão pouco: dois argumentos cartesianos a favor da existência de Deus (o da marca e o ontológico) numa prancha apenas.


Mas ainda melhor é que os hereges vão ter companhia do mesmo género, neste caso pela mão de Michael Patton e Kevin Cannon, sendo os desenhos apenas deste último. Trata-se da excelente Introdução à Filosofia em Banda Desenhada que, tendo como guia a personagem do nosso velho conhecido Heraclito, nos conduz por temas como a lógica, o livre-arbítrio, a percepção, a mente, a ética e Deus.


Parece que vai ser um excelente mês de Maio.

Sem comentários:

Enviar um comentário